Deixe um comentário

Pós-Blackout: Pai de Britney Spears temeu pela vida da filha após surto emocional.

Britney Spears e sua família estão sendo processados por Sam Lufti, que afirma ter sido empresário da cantora, em 2007 e 2008, embora os executivos da gravadora Jive afirmem que ele era somente um assistente pessoal.

Durante o processo, o advogado do pai de Britney, Jamie Spears, revelou que o patriarca da família Spears temia pela vida da filha, durante a época tumultuada pela qual Britney passou. Leon Gladstone, o advogado, revelou à Corte que seu cliente “vivia com o constante medo de que ligaria a TV um dia e veria Britney morta”.

O jurista também revelou que o pai da cantora tentou internar a filha na reabilitação após o divórcio de Kevin Federline e que encorajou o ex-marido de Britney a lutar pela custódia dos dois filhos, Jayden e Sean.

Segundo o advogado, Jamie visitou Britney em um hospital em 2007 e encontrou a cantora aos berros, amarrada em uma maca e pensou: “Minha filha perdeu tudo. Ela está em uma ala psiquiátrica, completamente louca”.

O surto de Britney em 2007 levou à perda da custódia dos filhos, duas internações e tem Britney sob tutela do pai, que administra os negócios da filha. Desde então, a cantora se recuperou, lançou dois álbuns de faixas inéditas e pode ser vista ao lado de Demi Lovato no programa “X-Factor”.

As informações são do Vagalume News.

Anúncios

Sobre Marcelo Henrique

"Entre no The Breakout e fuja desse mundo tão real."

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: